• Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone Instagram

© 2019 - Thyago Macedo - Todos os direitos reservados.

Policiais penais do RN decidem continuar movimento com visitas suspensas em unidades prisionais



Os policiais penais do Rio Grande do Norte decidiram, no início da noite desta quinta-feira, 5, continuar o acampamento em frente à Governadoria e a Operação Segurança Acima de Tudo nas unidades prisionais. Nesta sexta-feira, apenas os serviços essenciais serão realizados e visitas também continuam suspensas.


A categoria espera que o governo do Estado envie à Assembleia Legislativa a proposta de reforma estatutária. Durante a tarde, o Sindasp-RN foi convocado para uma reunião com o Gabinete Civil, no entanto, ainda não houve nenhum avanço.


"Nós fomos convocados para uma reunião às 15h, mas o governo disse que não havia possibilidade de apresentar uma proposta hoje e pediu a suspensão do movimento para que fosse feito um estudo até a próxima terça-feira, 10, com a possibilidade de apresentação dessa proposta", explica Vilma Batista.


A presidente do Sindasp-RN ressalta que isso foi levado para a categoria logo após a reunião e a maioria deliberou pela continuidade do movimento.


"O governo fez outro acordo conosco em julho de 2019 estabelecendo prazo para concluir os trabalhos e enviar a minuta à Assembleia Legislativa, mas não cumpriu. Então, a categoria decidiu por continuar o acampamento e a Operação Segurança Acima de Tudo nas unidades prisionais", completa.


Vilma Batista informa que os policiais penais estão convocados para, nesta sexta-feira, 6, fazerem-se presentes mais uma vez em frente à Governadoria.


"Além disso, ficou deliberado que, na próxima segunda-feira, 9, haverá uma concentração no shopping Midway com caminhada até o Centro Administrativo", completa.

Compartilhe